Arquivo da tag: autoestima

Saiba como se livrar das olheiras

Noites mal dormidas, ressaca e cansaço são alguns dos fatores que podem contribuir para o aparecimento das manchas escuras embaixo dos olhos. No entanto, nem sempre a fadiga e o estilo de vida agitado são as reais causas das olheiras. Algumas pessoas têm tendência para o acúmulo de melanina na região dos olhos, caracterizando o problema como genético.

Segundo a Sociedade Brasileira de Dermatologia, são três as causas básicas das olheiras: deposição de pigmentos escuros produzidos pelos melanócitos, um tipo de célula da pele; peles finas demais, que permitem a visualização dos vasos capilares; e presença de vasos capilares de coloração muito escura, dada pelo sangue, que ficam perceptíveis na pele.

Maus hábitos no cuidado com a pele e alimentação podem intensificar a quantidade e a cor das olheiras, mas se você se prevenir – mudando um pouquinho sua rotina diária – e tomar alguns cuidados, poderá evitar o aparecimento delas.

Como identificar?

Para tratar corretamente, é preciso identificar o problema que ocasiona a olheira. A cor acastanhada é geralmente causada pelo excesso de melanina. Já a arroxeada é causada pelos vasinhos de sangue. Para certificar-se, faça um simples teste em casa: limpe bem o rosto, vá em frente a um espelho e estique a pele da olheira para baixo. Se você conseguir ver os vasinhos, significa que a pele está arroxeada. Se a pele continuar escura, é excesso de pigmentação.

Quais os tratamentos indicados?

Quando a olheira não é crônica nem hereditária, algumas soluções caseiras – as clássicas receitinhas de vó – podem ajudar a amenizar a aparência. Experimente utilizar compressas de água gelada ou de chá de camomila gelado por 5 a 7 minutos, nos dias de maior intensidade. Isso diminuirá o inchaço e o aspecto de cansaço, pois melhorará a circulação na área. Pepinos gelados, cortados em fatias, também são ótimas opções que ajudam a clarear.

Dormir bem, assim como evitar o consumo de açúcar, álcool e cigarros, também ajuda. Use sempre óculos escuros quando se expuser ao sol – o filtro das lentes UV funciona como prevenção e diminui a produção de melanina na região. Hidrate a região dos olhos: procure um hidratante leve e com ingredientes naturais.

Existem cremes específicos para a área dos olhos que podem amenizar as olheiras e devem ser aplicados diariamente, até duas vezes ao dia. Os ativos escolhidos vão depender da causa. Vitaminas e colágeno, por exemplo, são bem recomendados. Procure por texturas em creme, sérum ou gel, com base de vitamina A, D, C, K, ácido mandélico e ácido tioglicólico – como o Dermosoft Day Creme da Extratos da Terra, que contém colágeno marinho e pró-vitamina D em sua fórmula, ativos de rápida absorção que combatem não só as olheiras, mas também bolsas e inchaço.

Agora, se as suas olheiras não são causadas por fatores externos, o ideal é procurar um especialista em tratamentos estéticos e dermatológicos. Quando feitos logo no início, o índice de melhora e cura da olheira é bem maior. Entre os tratamentos estão o peeling, o laser ou luz pulsada e o preenchimento com ácidos:

  1. Peeling de ácido tioglicólico: usado para neutralizar o escurecimento. As olheiras são reduzidas em até 90%;
  2. Tratamento a laser: é o tratamento menos agressivo, indicado para melhorar o pigmento e a flacidez;
  3. Luz intensa pulsada: utilizado em olheiras com acúmulo de melanina, sardas e vasinhos. Ativa o colágeno, reduzindo a flacidez e também as rugas;
  4. Preenchimento com ácido hialurônico: indicado para diminuir a profundidade, pois preenche a área abaixo dos olhos. Não age na pigmentação, mas melhora a cor da olheira.

Consulte um dermatologista ou profissional da área estética e avalie os melhores tratamentos para o seu caso. Lembre-se das dicas acima, use os produtos certos e diga adeus às olheiras!

5 truques de maquiagem para peles maduras

Muitas pessoas acham que conforme os anos passam, é preciso mais e mais maquiagem para cobrir as marcas de expressão da idade. Pelo contrário! O segredo é aprender a valorizar os pontos certos do rosto, em cada período da vida.

Cada tipo de pele precisa de procedimentos e cuidados específicos na hora da maquiagem, e a mesma regra se aplica às peles maduras. Com um pouco de cuidado e atenção aos detalhes particulares do seu rosto, toda maquiagem vai lhe deixar ainda mais linda. Então, chega de dúvidas, separamos 5 dicas que vão lhe ajudar a seguir sem medo!

  1. Escolher bem os produtos é importante! Com a idade, a pele tende a ficar um pouco mais seca do que costuma ser, por isso a dica é investir em makes que tenham o fator hidratante como diferencial. Evitar bases e pós com cobertura seca também lhe ajudará.
  2. Procure produtos que ofereçam efeito natural e/ou iluminador, para suavizar e iluminar o rosto, minimizando a aparência de linhas de expressão e vincos mais profundos.
  3. Cuide da região dos olhos! Esta é a área mais fina do rosto, por isso merece atenção redobrada. Usar um “primer” ou hidratante no local, antes de aplicar o corretivo/base, ajudará a manter a viscosidade natural da pele.
  4. Prefira sombras acetinadas que não marcam tanto. As cintilantes e as opacas podem causar um efeito indesejado já que chamam mais atenção aos vincos.
  5. Batons escuros estão liberados! Não existe regras neste caso, se você gosta de tons marrons, vermelhos e cor de vinho, use e abuse. Se você harmonizar com uma composição leve, ficará elegante, não se preocupe!

Para auxiliar neste processo e manter sua pele saudável e hidratada todos os dias, conte com o nosso Dermosoft Day Reserve, um creme facial anti-idade com função 2 em 1 (dia e noite). http://bit.ly/DayReverse

Está pronta para tentar em casa? Depois conte tudo pra gente!

Descubra agora como combater as estrias!

Como já comentamos em um post anterior, as estrias ocorrem por causas naturais. Mas nós temos como evitá-las antes que apareçam, assim como é possível fazer com que elas se tornem menos visíveis na nossa pele.

Evitando o aparecimento

Para evitar o aparecimento de estrias, principalmente em períodos de gravidez, adolescência, etc., precisamos aumentar a elasticidade da nossa pele. Se você leu o post anterior, sabe que a nossa pele possui certo limite de elasticidade e que, quando passamos desse limite (esticando a pele), as fibras presentes na pele se rompem e formam uma cicatriz: a estria.

Temos como aumentar essa elasticidade antes de uma gravidez, na adolescência, no período em que fazemos musculação e em qualquer outro dia, aumentando a hidratação da nossa pele (porque hidratação é muito importante!). A primeira coisa que pensamos quando falamos de hidratante são os cremes. Mas, na verdade, a melhor forma de hidratar a nossa pele é utilizando os produtos em forma de emulsão. E por quê? Porque essa textura é muito parecida com a hidratação natural da nossa pele, fazendo com que o produto seja mais bem aceito quando aplicado sobre ela.

 

Diminuindo o aspecto das estrias

Para reverter o quadro acentuado de estrias e diminuir o seu aspecto, precisamos de técnicas cosméticas. Hoje há cosméticos que permitem fazer o tratamento em casa ou com um profissional da área. Mas existem passos essenciais para conseguir diminuir as estrias: o primeiro é utilizar um esfoliante. O uso do esfoliante irá preparar a estria para receber os ativos que virão. Depois disso, é preciso aplicar um produto com ativos específicos que trabalhem a estria de dentro para fora, fortalecendo as fibras de colágeno e elastina e, de certa forma, “reconstituindo” a pele. Se você quiser fazer isso com um profissional da área, ele poderá utilizar equipamentos específicos em conjunto com essa técnica e assim potencializar os resultados.

Um exemplo de produto que possui essas funcionalidades é o Lipofeme Body Lotion Antiestrias. Trata-se de uma emulsão que faz o fortalecimento das fibras de colágeno e elastina, e reconstitui a pele de dentro para fora, “cobrindo” a estria com uma pele nova e melhorando o seu aspecto. Profissionais podem ainda utilizar no tratamento os produtos Lipofeme Peeling de Cristais de Quartzo e Lipofeme Peeling de Renovação Celular.

Várias pessoas já tiveram resultados maravilhosos e nos enviaram as fotos, veja:

PE03-Cristina-01-1024x546 Descubra agora como combater as estrias!

PE03-Cristina-01-1024x546 Descubra agora como combater as estrias!

PE03-Cristina-01-1024x546 Descubra agora como combater as estrias!

(obs.: uso do kit completo) 

Autoestima: a valorização que você deve se dar!

Corbis-42-72842159 Autoestima: a valorização que você deve se dar!

 

Você já se sentiu bela hoje? Faça isso, sinta e transforme a beleza que está dentro de você.

Todas nós, mulheres, independentemente de características físicas ou intelectuais, temos uma beleza única, seja ela intrínseca ou extrínseca, mas única. Então, mostre a sua beleza, desperte-a!

Sabemos que a sociedade impõe padrões de beleza continuamente, seja o corpo sarado, a magreza, a pele e os cabelos perfeitos. Vivenciamos isso todos os dias na mídia, através das passarelas da moda, de novelas, filmes e noticiários. Assim, com toda essa gama de padrões, a mulher pode sentir a sua autoestima lá embaixo caso não tenha o corpo da atriz famosa ou da modelo da foto, mas podemos nós mesmas criar o nosso padrão de beleza. Para isso, basta nos sentirmos bem e nos aceitarmos do jeito que somos, pois quando nos sentimos fortes, maduras e independentes, a nossa autoestima aumenta e, com isso, a nossa beleza reaviva.

A mulher costuma sempre fixar o lado negativo do seu corpo e nunca enxergar o que tem de bom. Esqueça isso, siga o seu melhor. Claro que toda beleza pode ter uma ajudinha, como, por exemplo, uma dica para a combinação de um look, o uso de produtos cosméticos ideais para cada tipo de pele, um tratamento cosmético mais específico, e por aí vai.

Muitas mulheres reclamam do corpo devido ao fato de terem alguma mancha, estrias ou celulites. Mas hoje em dia existem produtos excelentes e com resultados eficazes que ajudam a minimizar esses temidos vilões da beleza.

E é isso que queremos mostrar daqui para a frente: como ajudar você a conhecer as “armas” para a sua beleza.

Lembre-se: a beleza está nos olhos de quem vê, não é uma ciência exata!

Até mais, fique atenta às nossas publicações!

Imagem: © Daniel Ingold/Corbis