Arquivo da tag: filtro solar

4 dicas para evitar o brilho excessivo em peles oleosas

Tratar a pele oleosa pode ser um pesadelo para muitas pessoas. Manter a disciplina e uma rotina de cuidados rigorosos e com os produtos certos dá trabalho, mesmo. A pele oleosa tem aspecto mais brilhante, úmido e espesso. Segundo a Sociedade Brasileira de Dermatologia, isso ocorre por causa da produção de sebo, que é maior nesse tipo de pele. Mas quais são os fatores que contribuem para a formação da oleosidade?

A herança genética é um deles, seguida pelas alterações hormonais, excesso de sol, estresse e uma dieta baseada em alimentos com alto teor de açúcares e gorduras ruins. A pele oleosa apresenta poros dilatados e maior tendência à formação de acne, cravos e espinhas.

Se você se identifica com essas características e está cansada de buscar várias alternativas que não apresentam efeito, aqui vão 4 dicas valiosas para amenizar a oleosidade e garantir uma pele bem cuidada.

Dica 1) Considere a água termal e os tônicos os seus melhores amigos.

Por ser composta de minerais e oligoelementos como cálcio, magnésio e zinco, a água termal tem pH neutro – ou seja, apresenta uma ação cicatrizante e calmante. Já os tônicos (sem álcool) ajudam a limpar profundamente a pele, preparando-a para receber a hidratação. Aposte nos dois para reduzir a sensibilidade e equilibrar o pH das regiões oleosas, minimizando possíveis irritações.

Dica 2) Fique longe dos tratamentos abrasivos.

Por mais sedutor que pareça, realizar tratamentos esfoliantes, químicos e adstringentes não evitará a oleosidade. A pele oleosa é sensível e, por isso, tem mais chances de ficar irritada com facilidade. O melhor tratamento é sempre com ingredientes suaves e reguladores. Vale lembrar que soluções caseiras, como máscaras de frutas, também não são recomendadas sem o aval de um especialista.

Dica 3) Escolha filtros solares específicos para peles oleosas.

Dermocosméticos que ofereçam controle da oleosidade e umidade são os ideais. Eles garantem a sensação de limpeza que você precisa por mais tempo. Além disso, alguns produtos contém base em sua formulação e são livres de óleo, deixando longe da sua pele o toque engordurado comum em muitos protetores.

Dica 4) Use sabonetes próprios, deixe o seu separado do resto da família.

Hoje em dia podemos comemorar! Já existem sabonetes que são pensados para cuidar da pele oleosa. Entre os ativos presentes na formulação desses produtos está o ácido salicílico, responsável por remover as células envelhecidas e que contribui para a renovação celular. Esse ativo possui atividade anti-inflamatória, antimicrobiana e previne a obstrução dos poros, deixando sua pele limpinha e livre para respirar – sem sensação de oleosidade.

Você encontra esse ativo no nosso Aquaface Sabonete Líquido Antiacne e também na Loção Tônica Facial Antiacne.
Ficou com dúvidas? Fale com a gente e siga-nos nas redes sociais para acompanhar todas as novidades e informações sobre todos os tipos de pele.

Afinal, por que precisamos utilizar protetor solar no inverno?

“Filtro solar, nunca deixem de usar filtro solar. Se eu pudesse dar só uma dica sobre o futuro, seria esta: usem o filtro solar”. Já dizia Pedro Bial em seu memorável texto com dicas para uma vida longa e feliz. Os benefícios a longo prazo do uso de filtro solar estão comprovados pela ciência, e isso todo mundo já sabe. Mas, com a chegada do inverno, fica aquela dúvida: será que faz muita diferença não passar o protetor solar?

A resposta é única: S-I-M! Faz toda a diferença, mesmo que o sol não pareça ser o mesmo do verão. Essa sensação é justificada, pois os raios ultravioleta B (ou UVB) alternam sua intensidade em alguns períodos – como outono e inverno, dias mais frios e nublados -, mas os raios ultravioleta A (ou UVA) mantêm o mesmo poder de penetração durante o ano todo.

Os raios ultravioleta A penetram a camada de ozônio com facilidade e nos atingem de forma menos intensa, porém contínua. Por isso, têm relação direta com o melanoma, que é um câncer mais severo. Já os raios ultravioleta B são relacionados aos outros casos de câncer de pele – os mais comuns, que ocorrem em maior número.

Mas doenças graves não são o único perigo. Essas radiações ainda podem causar envelhecimento precoce, manchas, rugas e flacidez. Percebeu a necessidade de cuidar da sua pele, protegendo-a com filtro solar mesmo nos dias em que o sol está mais tímido? Acredite: no futuro, você vai ficar grata (e linda!) por ter ouvido essas dicas.

Além disso, deve haver um cuidado redobrado principalmente por pessoas com o fototipo 2 de pele – ou seja, pessoas com a pele muito clara, loiras ou ruivas e de olhos claros. Por possuírem características mais sensíveis, essas pessoas estão mais vulneráveis ao câncer de pele. Portanto, para quem pertence a esse grupo, é indicado, além do protetor solar, o uso de proteções mecânicas, como bonés, chapéus e óculos escuros.

Já para as pessoas que não possuem a pele sensível, somente o uso diário do filtro solar já é suficiente. Ainda assim, recomenda-se utilizá-lo não somente no rosto. As regiões do corpo em que o câncer de pele é mais comum são aquelas mais expostas à radiação solar e à luz artificial, como face, braços, tronco e também as mãos. No inverno, protetores solares até o fator 30 são suficientes. Mas vale lembrar daquela regrinha básica: evite a exposição ao sol entre 10h e 15h, os horários mais perigosos.

Se você tem problemas com excesso de oleosidade, é bom certificar-se de que está utilizando o produto próprio para o seu tipo de pele, como o Dermosoft Protect Fotoprotetor Facial da Extratos da Terra, que tem toque seco e textura adaptada para peles oleosas. Ele deixa seu rosto livre dos danos causados pelos raios UVA e UVB, radicais livres e agentes como o vento, a poluição e a própria luz ambiente, além de hidratar a pele e prevenir o fotoenvelhecimento.

Para completar, fique de olho nas dicas de cuidados específicos para a pele por faixa de idade:

– 25 a 40 anos: para pessoas com essas idades, a palavra-chave é prevenção. Utilize diariamente protetor solar de amplo espectro, com proteção UVA e UVB, higienize a pele e aplique cremes antioxidantes tópicos ricos em princípios ativos como a vitamina C, a vitamina E ou o extrato do kakadu, por exemplo.

Indicamos: Dermosoft Protect FPS 30 e Dermosoft Revitalize Dermo Vit C;

– Acima de 40 anos: além dos fotoprotetores e antioxidantes, utilize agentes firmadores, antirrugas e despigmentantes, se necessário. Isso porque as peles com mais de 40 anos começam a apresentar perda de elastina e colágeno, e sua hidratação começa a sofrer alterações.

Indicamos: Dermosoft Protect FPS 30 e Dermosoft Day Reverse Anti-Idade Facial;

– A partir dos 50 anos: nessa fase, deve-se usar produtos que estimulam a produção de colágeno na face e ao redor dos olhos. Tratamentos estéticos como peelings e lasers são recomendados, além de preenchedores e séruns que estimulem a firmeza muscular.

Indicamos: Dermosoft Protect FPS 30 e Dermosoft Revitalize Sérum Anti-idade

No fim das contas, o ponto-chave é sempre a prevenção. É imprescindível consultar um dermatologista regularmente, proteger-se da exposição solar excessiva, alimentar-se bem e ingerir muito líquido, principalmente água.

Gostou das dicas? Deixe seu comentário aqui embaixo. 😉

Dicas da Extratos: para cuidar da pele durante o inverno

 

Nos meses de inverno, a umidade do ar fica menor, assim como as temperaturas, o que também diminui a nossa transpiração corporal. Além disso, nessa época, é comum tomar banhos mais quentes, diminuindo assim a oleosidade natural da pele. Todos esses fatores fazem com que o nosso corpo resseque. No entanto, não podemos culpar o frio, já que o que mais muda durante o inverno é o nosso comportamento.

A pele do rosto, dos braços e das pernas estão mais sujeitas ao ressecamento no inverno. O clima seco e frio pode deixar as pernas com aquele aspecto esbranquiçado – indicador da desnaturação das proteínas. Para evitar o problema e não sofrer as consequências das baixas temperaturas, a melhor atitude é cuidar bem do maior órgão do seu corpo: a pele.

Essa é a melhor época do ano para realizar tratamentos como peelings e laser – e até mesmo depilações, já que a exposição solar e a radiação são bem menores. A exposição prolongada ao sol, durante esses procedimentos, pode sensibilizar a pele e causar manchas. Ainda assim, é importante ressaltar que, mesmo no outono e no inverno, durante os tratamentos faciais, é necessário usar diariamente o filtro solar. Até que a sua pele esteja totalmente recuperada, sem descamação ou vermelhidão, esse cuidado é essencial! Consulte seu esteticista.

Em locais de clima seco e frio, é bom cuidar com o ressecamento dos lábios e do rosto, principalmente. Com os dias mais gelados, quem mora nessas regiões já deve ter sentido alguns efeitos, como a perda do viço e do brilho da pele. Isso acontece pois a camada mais externa da pele (a camada córnea) perde água para o ambiente. Consequentemente, com a pele mais seca, ela acaba adquirindo descamações, levando à perda do brilho natural.

Para acabar com esse problema, a hidratação tem que ser ainda mais intensa – de dentro para fora e de fora para dentro. Seguir hábitos saudáveis de alimentação, ingerindo frutas e verduras ricos em vitaminas e antioxidantes, é o primeiro passo. Beber bastante água e procurar tratamentos indicados para o seu tipo de pele também ajudam a manter a saúde do corpo. Para fechar o ciclo de cuidados, use e abuse dos hidratantes, especialmente cremes que contêm óleos e manteigas naturais, ativos de rápida absorção.

Dicas de ouro:

– Beba no mínimo 2 litros de água por dia. Não se esqueça de que o seu corpo continua o mesmo, apenas a temperatura lá fora é que mudou.

Evite banhos muito demorados e quentes. Evite sabonetes comuns que ressequem naturalmente a pele.

– Hidrate a pele todos os dias, logo após o banho. Procure por hidratantes in shower para não deixar a preguiça tomar conta! O vapor do banheiro é um superaliado da penetração dos cremes.

– Se a sua pele for oleosa e acneica, evite hidratantes comuns. Prefira protetores e hidratantes faciais oil-free, principalmente nas regiões de maior oleosidade (zona T do rosto e colo).

Hidrate os lábios. Sempre que lembrar, passe um hidratante labial, manteiga de cacau ou outro balm de sua preferência. Isso a salvará do ressecamento.

Não esqueça o filtro solar. Mesmo a luz artificial dos escritórios pode ser agressiva à sua pele.