O que são prebióticos e como eles podem trazer benefícios para a pele?

Ultimamente, tem-se falado muito em prebióticos na composição de dermocosméticos, mas você sabe o que são e qual a sua importância para a pele?

De forma resumida, um prebiótico promove um ambiente favorável ao desenvolvimento de micro-organismos responsáveis pela proteção da pele e que fazem bem ao nosso corpo. Com o aumento desses micro-organismos, ocorre a diminuição das taxas de micro-organismos considerados prejudiciais à pele e que podem provocar o processo inflamatório e o aparecimento de acne, por exemplo.

A pele humana é rica em micro-organismos essenciais para a saúde. Para se ter noção do que isso significa, um centímetro quadrado de pele pode conter até um bilhão deles. Esses micro-organismos são chamados de microbioma cutâneo. A maior parte já é adquirida no nascimento e está diretamente relacionada à saúde do corpo em sua totalidade. Esses microrganismos são divididos em dois grupos, os benéficos e os patogênicos. Os patogênicos são aqueles que podem provocar algum tipo de reação não desejada na pele, como acne, alergias ou outras doenças referentes à derme. Já os benéficos são aqueles que ajudam a proteger a barreira de proteção da pele e compõem o principal fator de proteção da imunidade, ficando na camada cutânea mais superficial. Quando ocorre algum tipo de desequilíbrio dessa microbiota, como os provocados pela poluição do ar, má alimentação, sabonetes muito agressivos que ressecam a pele, entre outros, algumas bactérias podem se comportar de forma diferente do que o normal. Muitas delas vivem normalmente na pele sem causar nenhum problema, porém, quando ocorre esse desequilíbrio do microbioma, algumas bactérias podem causar irritações e inflamações. Um exemplo é o que acontece com a bactéria da acne, que está presente na pele íntegra, mas, quando o quadro de acne está instalado, essa bactéria passa a ser mais potente e patogênica, provocando o processo de inflamação.

Um grande erro que pessoas com pele oleosa cometem é lavar várias vezes o rosto durante o dia, o que deixa a barreira de proteção prejudicada e pode causar ou piorar o quadro de acne ou irritação cutânea. Não é preciso lavar a pele facial mais do que duas vezes ao dia e é importante usar hidratantes e sabonetes indicados ao seu tipo de pele, além de ser indicado aplicar e reaplicar diariamente o filtro solar. Para ajudar nesse controle da barreira cutânea é que surgiram os prebióticos, que, como mencionado anteriormente, favorecem o desenvolvimento de bactérias boas que protegem o organismo e diminuem o número de bactérias prejudiciais à pele.

O Sérum Multissolução da linha Dermosoft Antiacne foi desenvolvido para controlar o processo inflamatório e o excesso de oleosidade, bem como para hidratar e fortalecer a barreira de proteção da pele. Esse sérum é um exemplo de produto que utiliza o benefício do prebiótico Bioecolia®, promovendo o desenvolvimento de micro-organismos bons e equilibrando o crescimento das bactérias que agravam a formação da acne. Além disso, esse prebiótico estimula os peptídeos antimicrobianos essenciais que auxiliam na manutenção do equilíbrio microbiano.

O Sérum Multissolução é ideal para peles acneicas, pois, além de controlar as reações indesejadas que essa pele apresenta, como o vermelhidão, a inflamação e o excesso de oleosidade, também hidrata, restabelecendo o equilíbrio da barreira cutânea e do microbioma, que, como vimos, é muito importante para manter a saúde da pele e do organismo em seu conjunto.   

Dessa forma, manter a barreira de proteção da pele é fundamental para evitar o desequilíbrio do microbioma cutâneo e reações alérgicas, irritações e inflamações como a acne.  Um das principais medidas que podemos tomar para garantir a proteção da pele é sempre mantê-la hidratada, independentemente se sua pele é oleosa ou seca. A hidratação é fundamental para manter a saúde da pele, manter o pH ideal e fortalecer o sistema imunológico.

Se você ficou interessada em entender um pouco mais sobre o microbioma cutâneo, tem uma matéria inteirinha falando sobre isso na Revista de Negócios da Indústria Estética, edição temática sobre Mibrobioma cutâneo.  

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.