Arquivo da tag: descamação

Dicas para cuidar da pele ressecada – não apenas no inverno.

Sabe aquela sensação de desconforto que surge com a pele seca? Toque áspero, irritação, coceira, sensação de repuxamento… Quem sofre com a pele ressacada, no inverno ou nas demais estações, sabe bem como é. A pele seca no corpo pode apresentar rachaduras e linhas em diferentes áreas, com uma tendência à descamação, e às vezes até um aspecto esbranquiçado.

Para quem convive com esses probleminhas, é necessário ter cuidados redobrados e diários em busca da hidratação. Os dermatologistas explicam: são muitos os fatores que provocam o ressecamento cutâneo (como é chamado o ressacamento da pele), desde fatores ambientais, como vento e mudanças climáticas, até o uso de alguns medicamentos, ou ainda fatores genéticos e cosméticos contraindicados.

Quando esses fatores afetam a pele, sua barreira natural se modifica: quanto menos lipídios são produzidos na superfície da pele, mais irregular essa barreira se torna. As células da nossa epiderme (a camada mais superficial da pele) passam a perder sua capacidade de reter água, que então evapora. Assim, a pele fica ressecada e desconfortável, com as tais sensações de repuxamento.

Causas:

  • Temperaturas muito baixas;
  • Um clima quente e seco;
  • Luz do sol;
  • Produtos agressivos;
  • Perfumes.

Para reestruturar a barreira de proteção da pele, é essencial restaurar sua hidratação de forma eficaz. Dessa forma, para garantir uma pele macia, sedosa e suave todos os dias, recomendamos alguns cuidados:

Aplique um creme para a pele seca e áspera diariamente;

Use cremes para as mãos várias vezes ao dia, especialmente durante os meses de inverno.

Cremes ou loções hidratantes para o corpo são essenciais para combater a pele seca e áspera. Eles ajudam a restaurar a camada hidrolipídica e, assim, deixam a pele mais bonita, macia e sedosa. Esses produtos devem ser aplicados diariamente, particularmente após o banho, quando falamos do corpo como um todo.

Para ir além, use:

Dermosoft Protect Fotoprotetor Facial;

Dermosoft Revitalize Creme de Massagem Facial.

Agora, para preservar o nível de hidratação da sua pele, são recomendados os seguintes passos:

Use produtos suaves que não agridam a pele – prefira sabonetes líquidos e ricos em lipídios;

Tome banhos com água morna – modere a temperatura, mesmo que esteja frio;

Beba uma quantidade suficiente de líquidos, principalmente água.

Algumas doenças também podem se manifestar por causa do ressecamento da pele, entre elas a dermatite seborreica, a dermatite atópica, a psoríase e a ictiose.

✓ Dermatite seborreica:

Ocorre principalmente na região da cabeça e na face. É uma descamação da pele causada pelo ressecamento. As manifestações mais frequentes são caracterizadas por intensa produção de oleosidade, descamação e prurido (coceira). A caspa pode variar desde uma fina descamação até a formação de grandes crostas aderidas ao couro cabeludo. A coceira, que pode ser intensa, é um sintoma frequente na região afetada, e também pode estar presente com menor intensidade em outras localizações.

✓ Dermatite atópica:

Quem sofre de atopia pode apresentar também asma ou rinite alérgica. Seu principal sintoma é a coceira, que pode começar antes mesmo das lesões cutâneas se manifestarem e atingir face, tronco e membros. Na infância, as lesões são avermelhadas e descamam. Nos adolescentes e adultos, as lesões localizam-se especialmente nas áreas de dobras da pele, como a região posterior dos joelhos, pescoço e braços. A pele desses locais torna-se mais grossa, áspera e escurecida.

✓ Psoríase:

Atinge igualmente homens e mulheres, principalmente na faixa etária entre 20 e 40 anos. Fenômenos emocionais são frequentemente relacionados com o seu surgimento, provavelmente atuando como fator desencadeante de uma predisposição genética para a doença. Mas a real causa da psoríase ainda é desconhecida.

✓ Ictiose vulgar:

Aparece após o nascimento, geralmente no primeiro ano de vida. Pode apresentar apenas ressecamento da pele e descamação fina ou intensa de aspecto geométrico. As áreas mais atingidas são os membros, podendo atingir também a face e o couro cabeludo. A doença tende a regredir ou a diminuir os sintomas com o passar dos anos.

Para obter mais informações sobre essas doenças e seus respectivos tratamentos, consulte o seu dermatologista.