Inverno: a estação dos peelings

O inverno chegou e a incidência dos raios ultravioleta diminui por causa da ausência do sol forte. Isso facilita alguns tratamentos estéticos, como aqueles que fazem a renovação celular, os queridinhos peelings químicos. Os peelings químicos podem ter uma infinidade de funções: podem agir como clareadores, anti-aging, rejuvenescedores, antiacne, seborreguladores, redutores de marcas de acne e afins. A estação mais fria e está aí e é por isso que esses peelings são o nosso assunto de  hoje!

Os peelings são usados desde a Antiguidade. Relatos mostram que a rainha Cleópatra se banhava em leite azedo – o ácido lático – para ter uma pele mais clara, hidratada e bonita. Há muito tempo, as pessoas têm buscado a beleza como forma de agrado e muitas vezes de aceitação da aparência de sua pele.

Os peelings usados por profissionais da estética são chamados de peelings superficiais e são bastante seguros, visto que há pH médio de 3,5 e porcentagem total de ácidos de 10% nesses tratamentos. Eles têm como principal função deixar a pele mais receptiva para a permeação de cosméticos posteriores e promover o afinamento da pele, pois o tratamento  estimula a renovação celular, dando origem a células novas e eliminando as células envelhecidas na superfície da pele. Essas células envelhecidas trazem à pele um aspecto de descuido – suja. Uma simples aplicação de peeling pode proporcionar à pele luminosidade e brilho, deixando-a com aparência de uma pele saudável.

Por bastante tempo, acreditava-se que a única forma de se ter um bom resultado com os peelings seria uma forte descamação de pele. Isso acontecia quando se usava um pH muito baixo, gerando desconforto e um processo inflamatório bastante chato. Hoje trabalhamos com peelings seguros, com pHs que não irritam e não descamam a pele em blocos, portanto a pele não fica avermelhada. Outro diferencial bastante grande de alguns peelings é associar ácido e ativos para potencializar e melhorar ainda mais o resultado final. Considerando-se que o ácido tem como principal ação a desepitelização, e não trabalhar na raiz do problema, os ativos vêm tratando essa deficiência.

Existem três tipos mais comuns de ação para peelings: rejuvenescer, iluminar (clarear) e controlar a oleosidade e a acne. Cada um, na sua singularidade, pode ser associado a mais de um tipo de peeling por sessão, como, por exemplo, para peles com mais de um tipo de patologia. Vale lembrar sempre da importância da manutenção do tratamento com o uso de cosméticos em casa. O mundo da estética é bastante vasto e com resultados incríveis, vale a pena explorá-lo!

Para resultados ainda melhores, conheça nosso protocolo com peeling:

 

Protocolo peeling sequencial:

O tratamento pode ser de oito sessões com aplicação uma vez na semana. Se necessário, deve-se intercalar o tratamento com sessões de manutenção entre uma aplicação de peeling e outra, dependendo da necessidade de cada pele.  

1 – Demaquie a pele com Dermosoft Clean Emulsão de Limpeza e Demaquilante Facial.

2 – Higienize a face utilizando Dermosoft Clean Sabonete Dermopurificante Facial e retire o produto com algodão umedecido em Vitta Bio Sal Água Termal.

3 –  Faça uma esfoliação mecânica ou física com Dermosoft Peeling Mecânico Facial.

4 – Aplique Dermosoft Peeling Acne Sérum Fluido Facial, aguarde 10 minutos e retire.

5 – Aplique Dermosoft Peeling Iluminador Sérum Fluido Facial, aguarde 10 minutos e retire.

6 –  Aplique Dermosoft Peeling Rejuvenescedor Sérum Fluido Facial, aguarde 10 minutos e retire.

7 – Aplique o peeling enzimático Biotempo Ilumine Esfoliante Enzimático. Não retire.

8 – Finalize com Dermosoft Protect Fotoprotetor Facial FPS 50.

 

Lembre-se de que os cuidados em casa sempre intensificam os resultados do tratamento. O uso de protetor solar todos os dias é indispensável, somado a outros produtos que devem ser selecionados conforme o objetivo do tratamento, os quais podem ser produtos para controle da oleosidade, clareamento ou anti-aging. Bora aproveitar o inverno para deixar a pele ainda mais radiante?

 

Paula Souza

 

Comentários

  1. Katia disse:

    Ola
    O peeling enzimatico, não se retira? E a cliente q faz o home care com o peeling enzimatico não deve retirar?

    1. Extratos da Terra disse:

      Oi Katia,
      Neste caso especifico ele não é retirado, porque tem um ativo que irá protege a pele após o tratamento do peeling, além disso, a pele passou por um preparo e sinergia com os ativos que foram usados durante o protocolo. No uso home care, deve-se seguir a indicação de retirar o produto como de costume.
      Continuamos a disposição.

  2. Sheila Martins disse:

    Boa noite!
    Recebi o catálogo na loja onde comprei alguns produtos e me interessei pelo Dermosoft Peeling Rejuvenescedor Sérum Fluido Facial. Posso utilizá-lo no home care ou ele se destina somente ao uso profissional?

    1. Extratos da Terra disse:

      Bom dia Sheila,
      Esse produto é exclusivo para profissional. Estaremos lançando na feira Beauty Fair uma super novidade para o uso home care. Visite-nos e confira!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *